https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Luar de Amor

 

No silêncio da minha voz
Nos afagos das minhas mãos
Nos beijos que não te dou
Saltitam batidas do coração
Na ilusão do tempo
Entre sorrisos e lágrimas
Na pauta de uma canção
Em que tu és o refrão
No tilintar da chuva
Ao brilho do sol inconstante
Entre nuvens de saudade
Escondem-se incontroláveis desejos
Do sabor doce da tua pele
Olhos doces cor da lua
Lábios rosados perfumados
Volúpia de corpo esbelto
Que nunca se deita ao meu lado
Utopia ou talvez não
Serenos momentos ao luar
A tua mão no meu peito
Nela sinto o teu coração.
A cidade adormece lentamente
O rio desliza suavemente
Ouvem-se os últimos acordes
Dos desejos inconfundíveis do nosso amor
(Gaspar Oliveira)


Gaspar oliveira

 
Autor
gasparoliveira
 
Texto
Data
Leituras
274
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.