https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Hoje Cedo

 
Tags:  amor    medo        proteção  
 
Hoje Cedo
 
Amanheci fingindo disposição e escondi meu medo.
Percorri a estrada alheio ao mundo e mesmo assim andei.
O medo espreito, esperava de mim um erro.
Mas fui forte, não neguei o choro ao peito.
Fui corajoso, e olhei de onde estava, o mundo correr.
Vi sorrisos, inveja, vi o que um dia poderia ser.

Sentia-me solitário mesmo ao conversar e dizer quem sou.
Foi um dia difícil, que por graça decidiu ir lento.
Fiquei com medo de desapontar, de assustar por ser assim... Eu.
Cheguei a cogitar fingir, só para agradar.
Que tolice esse deslize.
Um sinal de fraqueza, uma buzina do desespero.
Por isso lhe agradeço Pai.
Pedi-lhe antes mesmo do dia começar.
Que segurasse minha mão, e me acompanhasse.
Levasse-me e me trouxesse, coberta em teu manto.

Nunca haverá maior pavor.
Nunca houve tamanha proteção.

 
Autor
Milatuanne
 
Texto
Data
Leituras
1020
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
duda
Publicado: 07/07/2013 11:40  Atualizado: 07/07/2013 11:40
Participativo
Usuário desde: 02/02/2010
Localidade:
Mensagens: 32
 Re: Hoje Cedo
lindo gostei parabens principalmente a 2 estrofe


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 07/07/2013 18:50  Atualizado: 07/07/2013 18:50
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29767
 Re: Hoje Cedo
O medo nos deixa nacioso, faz perdemos a confiança em nós mesmos. Um poemaa pleno