https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Pedaços

 
Neste pedaço de sonhos
Eu crio demônios
Crio amor e tristeza e na rocha
Eu crio aspereza
Também crio céus e estrelas
No coração a incerteza
Eu crio a morte e a vida
Multiplico as histórias, o adeus, as partidas.

Eu sou como um monstro medonho
Eu crio, eu me exponho.
Eu mostro os meus intestinos
Tomado por fezes
O sangue que corre nas veias
O pão que m'alma anseia
Eu mostro minhas faces na cara
Eu mostro minhas taras
E como não sei quem eu sou
Eu sou filho do amor
Ou talvez deste medo
E todo meu receio
É não saber quem sou

Alexandre Montalvan

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
527
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.