https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Usos Diversos

 
...nem poeta nem poesia, atalho só.

, ao arrumar as coisas preparara um clima, dissimulara a tensão, a coisa ia acontecer finalmente. embora ansioso parecia um gelo, a ser derretido pouco a pouco como os dos copos. sequenciamente beijos e toques rápidos, depois devaneios alcoolicos, as entregas, os atos, a cena.
as janelas, as luzes raras, os vultos, o sono. sem saber os sentimentos eram consumidos, e por fim diminuem os sonhos, mais gastos pelo uso naqueles dias.


,,,mas Deus gosta de ser assim também, na forma de Eu!

 
Autor
joakencor
Autor
 
Texto
Data
Leituras
686
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.