https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

SEGREDO

 
Segredos guardados, jamais esquecidos.

Ditados e explorados em livros

Ocultando-me,não autorizando tal exposição

Histórias exclusivas descritas do meu coração



Um jardim que não floresceu

Morreu-se sem muitos aplausos

Verdades camufladas, ignoradas e restritas.

Incorporadas dentro do meu eu



Quantos apelos foram feitos, não quiz ouvir

Atrás das cortinas me escondi

Tive medo,chorei,lamentei, morri.



Cortinas fechadas com um fim arruinado

Há sempre um recomeço quando tudo se finda

Que se rastreado pós-morte transformará num belo espetáculo.Open in new window

 
Autor
selda100
Autor
 
Texto
Data
Leituras
843
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 29/09/2013 11:40  Atualizado: 29/09/2013 11:40
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6796
 Re: SEGREDO
O segredo de se renovar esta em nosso ser em nosso estar, imcorporado em nosso eu. Quata maravilha nesse magico poema.

deixo meu abraço

martims