https://www.poetris.com/
 
Textos -> Amor : 

os homens da minha vida

 
<p><a target="_blank" href="http://gbfoto.multiply.com/photos"><img height="576" alt="Gilberto Bomfim" width="432" src="http://tuemmim.com.sapo.pt/GB_388572_65.jpg" /></a></p><br /><p>hoje apetece-me recordar os homens da minha vida<br />aqueles que por mim passaram e ficaram<br />hoje apetece-me recordar os amigos, os amantes<br />os beijos e os abraços, o sexo desenfreado<br />as palavras e os olhares, o desejo a latejar<br />hoje apetece-me recordar momentos e sentimentos<br />os sorrisos e as lágrimas, misturados algumas vezes<br />a conquista do prazer, por vezes adiada<br />hoje apetece-me recordar os homens da minha vida<br />que nos últimos anos estiveram ao meu lado<br />que me coloriram o corpo e a imaginação<br />que me fizeram sentir desejada e amada<br />que me secaram as lágrimas da alma<br />que me desesperaram, também...<br />hoje recordo os olhares e os toques<br />as noites de mãos dadas a conversar<br />a loucura do desejo e dos jogos proibidos<br />as promessas de prazer que ficaram por cumprir<br />os sms loucos a meio da noite e aqueles que nunca chegaram...<br />hoje recordo o quanto amei e desejei estes homens<br />que um dia chegaram à minha vida e nunca dela saíram...</p><p>&nbsp;</p><p><em>Feliz 2008 para todos os que por aqui passam </em></p><p>&nbsp;</p>
http://corposalmas.blogs.sapo.pt/

 
Autor
Corpos e Almas
 
Texto
Data
Leituras
9663
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Junior A.
Publicado: 31/12/2007 13:56  Atualizado: 31/12/2007 13:56
Colaborador
Usuário desde: 22/02/2006
Localidade: Mg
Mensagens: 894
 Re: os homens da minha vida
Lembrou-me um poema de Drummond. Dado as factos da lembrança, da mancha que ela nos causa. Ainda que em assuntos e momentos distintos:

"Resíduo"

Carlos Drummond de Andrade


(...) Pois de tudo fica um pouco.
Fica um pouco de teu queixo
no queixo de tua filha.
De teu áspero silêncio
um pouco ficou, um pouco
nos muros zangados,
nas folhas, mudas, que sobem.

Ficou um pouco de tudo
no pires de porcelana,
dragão partido, flor branca,
ficou um pouco
de ruga na vossa testa,
retrato.

(...) E de tudo fica um pouco.
Oh abre os vidros de loção
e abafa
o insuportável mau cheiro da memória.

Enviado por Tópico
Juli Lima
Publicado: 31/12/2007 14:22  Atualizado: 31/12/2007 14:22
Colaborador
Usuário desde: 02/08/2007
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 993
 Re: os homens da minha vida p/ Corpos e Almas p/ Corpos e Almas
Boa tarde! Sensórias lembranças, só as tem q se permitiu vivê-las. FELIZ 2008! Bj poesia

Enviado por Tópico
Paulo Afonso Ramos
Publicado: 31/12/2007 14:43  Atualizado: 31/12/2007 14:43
Colaborador
Usuário desde: 14/06/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2094
 Re: os homens da minha vida
Belo momento feito de outros tantos momentos belos...
Gostei do poema e da forma assumida, Parabéns!

Feliz 2008

Enviado por Tópico
Henrique Pedro
Publicado: 05/01/2008 21:36  Atualizado: 05/01/2008 21:36
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2007
Localidade:
Mensagens: 3821
 Re: os homens da minha vida
Atrevo-me a dizer que fazes poesias como amas! Parabéns.
h@p

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 02/02/2008 17:20  Atualizado: 02/02/2008 17:20
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: os homens da minha vida
Eis aqui uma bela e sensória entrega poética. Um diário de amor maravilhoso.Amei sua escrita.Um beijo, Ledalge.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/02/2008 01:56  Atualizado: 04/02/2008 01:56
 Re: os homens da minha vida
os sorrisos e as lágrimas, misturados algumas vezes
a conquista do prazer, por vezes adiada...muito bom...bj