https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

VENHA ME LEVAR PRA CAMA.

 

Venha me levar pra cama, me fale bem aos ouvidos, palavras pagãns profanas, todas com duplos sentidos, pra eu sentir que estais gostando,
e por isto tantos gemidos!.
Eu prefiro o banho gelado, manipulado por mãos quentes, de uma pessoa não inocente, conhecedora dos desejos, que intercale com uns beijos,
os momentos mais solenes, e depois de tudo esfregado nos deitamos lado a lado, pra nos amarmos loucamente.
Eu me embriaguei de ti, e até gostei da ressaca, mas acabou-se a cachaça que vertia do teu ser, e agora se eu quiser beber, todas demais me maltratam!.
Teu sorriso abria-se em flor, dava a entender que o amor te possuía,
mas depois que algum tempo se passou, te transformastes em profundas aplasias, e não há mais nem uma graça em teu ser, está contigo é contrair-se em agonias.
Depois que você morreu em mim, minha alma se remoçou, e os meus cabelos voltaram a crescer, e até penso em voltar a nadar.



Miguel Jacó


 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
808
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
acalenta
Publicado: 10/12/2013 14:38  Atualizado: 10/12/2013 14:38
Colaborador
Usuário desde: 25/08/2010
Localidade:
Mensagens: 5387
 Re: VENHA ME LEVAR PRA CAMA.
Olá Miguel!!!

Um poema sensual sem ser vulgar,parabéns adorei.

abraço de luz.

acalenta