https://www.poetris.com/
 
Prosas Poéticas : 

Divagações I

 
Preparo-me. Preparo-me para a falta de preparação causticamente presente, idealizando o que há-de ser que chegue a ser verdade. Vivo com qualquer semelhança de mim, aglutinada a algo que conscientemente se crê inconsciente, viva em um lugar que sinto perto demais. Assisto comumente a radicalidades expostas com carinho, como vislumbre seu, confirmando um apogeu – ainda que embrionário. É sabido o que se sabe e o que se crê saber. É sabido na certeza do talvez, a incerteza das palavras que ainda não se disseram e ainda não se escreveram.


 
Autor
Clarisse
Autor
 
Texto
Data
Leituras
534
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
murilocs
Publicado: 24/01/2014 16:27  Atualizado: 24/01/2014 16:27
Super Participativo
Usuário desde: 30/03/2012
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 198
 Re: Divagações I
Muito Bom.
Gostei
abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 24/01/2014 16:48  Atualizado: 24/01/2014 16:48
 Re: Divagações I
"Um apogeu embrionário"

Interessante

Gostei

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 25/01/2014 01:37  Atualizado: 25/01/2014 01:37
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 27907
 Re: Divagações I
Nos encantos da permanência, permanece sabedoria do saber, o encanto do acontecer o faz do fazer.

seu poema esta filosoficamente uma maravilha

Na filosofia das palavras as sílabas são verdades

Enviado por Tópico
Clarisse
Publicado: 27/01/2014 17:11  Atualizado: 27/01/2014 17:11
Da casa!
Usuário desde: 24/09/2009
Localidade: aqui
Mensagens: 392
 Re: Divagações I
Olá murilocs, Observador, martisns,

Agradeço a vossa presença.

Saudações,
Clarisse Silva