https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Eu vou Embora

 


Amor que renasce do desespero, da lama negra que envolve a carne, da escuridão da noite sem luar,
E se engasgar contínuo na loucura
serena criatura se desfaz em agonias
e disse de tudo até do mais lindo amor
retirando da imundice uliginosa, poesia

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
609
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.