https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Sem saber de mim

 
Foi ontem que beijei o teu corpo
num entrelaçado de sentimentos nús
à luz, da brancura alva dos lençóis rubros

Foi ontem que arrumei a mala e parti
sem saber de mim
com os olhos luzentes,
como a manhã que descia por nós
sem saber dos outros, trancados
no silêncio das palavras mortas, à deriva do dia

Foi ontem que aqueci as pálpebras, no teu rosto felino
dependurei os lábios no mapear de horas cegas
num esvaziar da íris ébria, no madrigal do teu olhar

Foi ontem amor que te amei, sem saber de mim
embebida no calor das tuas mãos, já sem tempo
e deixei cair a lentidão das horas,
na pressa sôfrega do momento, que se fez tudo
do pouco que existia no circundante de nós

Foi ontem amor que parti, sem saber de mim


Escrito 29/3/14
 
Autor
Liliana Jardim
 
Texto
Data
Leituras
914
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
10
5
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 01/04/2014 14:26  Atualizado: 01/04/2014 14:26
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6797
 Re: Sem saber de mim
A essência do amor se resplnadece nesse encanto poema que os sentimenatos se amam, lindoo

Enviado por Tópico
rosafogo
Publicado: 01/04/2014 16:26  Atualizado: 01/04/2014 16:26
Colaborador
Usuário desde: 28/07/2009
Localidade:
Mensagens: 9599
 Re: Sem saber de mim
Amor transformado em saudade, amor ressuscitado p'la memória, lembrança que é dor, mas também paz.
Lindo! bj.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 01/04/2014 16:42  Atualizado: 01/04/2014 16:42
 Re: Sem saber de mim
Lindo texto!

A essência chegou até aqui...

Gostei imensamente!

Beijos,

Anggela

Enviado por Tópico
Odairjsilva
Publicado: 01/04/2014 20:21  Atualizado: 01/04/2014 20:21
Membro de honra
Usuário desde: 18/06/2010
Localidade: Cáceres, MT
Mensagens: 2794
 Re: Sem saber de mim
Um ontem inesquecível transformado em um belo poema. Gostei muito.

Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 01/04/2014 21:45  Atualizado: 01/04/2014 21:45
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9305
 Re: Sem saber de mim
Boa tarde Liliana, quando a relação amorosa vai bem, o tempo voa, e tudo nos parece muito recente, parabéns pelo contagiante poema, um forte abraço, MJ.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/04/2014 01:00  Atualizado: 02/04/2014 01:00
 Re: Sem saber de mim
Que lindo Liliana, texto intenso, perfeito! bjoss

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 03/04/2014 07:11  Atualizado: 03/04/2014 07:11
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Sem saber de mim
para emudecer em admiração... obrigada

Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 10/04/2014 21:20  Atualizado: 10/04/2014 21:20
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6594
 Re: Sem saber de mim
Olá Liliana,

Parabéns,
Uma belíssima construção
poética...Retratando lindos
momentos e uma eterna saudade.


Beijos,

Mary Jun

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 27/04/2014 11:53  Atualizado: 27/04/2014 11:53
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4528
 Re: Sem saber de mim
Um ontem inesquecível transformado num poema

Obrigado pela vossa presença e comentários á minha escrita

Beijinhos e tudo de bom para vós amigos

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/04/2014 11:58  Atualizado: 27/04/2014 11:58
 Re: Sem saber de mim
Um belo poema

Parabens