https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Minimalistas : 

Morna Madrugada

 
Tags:  luz    calor    madrugada  
 



Madrugada de luz azulada
Quarto cheios de nuances.
Lá fora a lua,
Aqui dentro o luar.

Destinos, pressentimentos,
Nas paredes alvas e mornas.
O calor da meia estação,
A saudade pousada na janela.

autoria de airton sobreira
 
Autor
airtorion
Autor
 
Texto
Data
Leituras
884
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 18/04/2014 13:59  Atualizado: 18/04/2014 13:59
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8366
 Re: Morna Madrugada
gostei, lembro que quando sei que vou sentir saudade chego sempre à janela para acenar e lembrar o último momento.