https://www.poetris.com/
 
 
Eu não vivo sem ti!!!
Ainda me lembro a primeira vez que te vi. Também como poderia eu esquecer não é?
Como poderia eu esquecer esse teu desenho, essas curvas, esse toque magnifico que te compõe...
Lembro-me perfeitamente a primeira vez que te vi. Estavas resplandecente, muito segura de si mesma, onde nada te parecia abalar. O Sol reflectia o teu esplendor, o brilho emancipado pela cor que te envolvia...Ah Meu Deus! Parecia tudo um vulto enquanto estava sentado na cadeira a olhar-te. Mil perguntas fiz eu a mim próprio de como seria, como me sentiria se estivesse envolvido no teu fino corpo, que tantos desejam. Foram tantos os que me disseram que já tinham se perdido no teu corpo. Ninguém é de ferro claro...
Finalmente ganhei coragem. Avancei! Percorri aquele pequeno espaço que existia entre mim, a coragem, e a cadeira que me segurava. Agarrei-te firmemente com a minha mão direita, e envolvi-te num forte aperto quente de paixão. Eu quase que jurava que te via suar entre os meus dedos. Não sabia se tal facto se devia aos meus nervosismos. Nesse momento respirei bem fundo, olhei para ti pensando: Será esta a tal que me fará perder a cabeça? Não obstante disso, minha vontade de te possuir era bem maior, e sem vacilar te levei de encontro aos meus lábios. Nesse momento, tudo parou! Que sensação! Parecia que o mundo tinha estagnado. O meu olhar fintou o infinito, e fechou-se num breve momento, dando lugar ao sentimento de pura entrega. A minha língua percorreu a tua boca, louca foi-se enrolando, saboreando cada pequeno detalhe do teu sabor. Segurei-te firmemente, tanto em cima como em baixo. Eu quase que era capaz de te ouvir entrar em mim. Estavas tão forte, tão cheia de gás...que loucura! Ainda tentei acompanhar-te, mas as lágrimas já me escorriam pela face...e não era desespero, mas sim uma ânsia por continuar num perpétuo enlace. Quando finalmente dei por mim, tinha-te consumido. Vi-me sem ti. Nesse teu corpo, apenas um vazio espelhava a minha face. E quando tudo parecia perdido, eis que eu tenho uma grande surpresa: Tu tens irmãs...e é uma atrás da outra Super Bock!!

 
Autor
NunoNebel
Autor
 
Texto
Data
Leituras
569
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.