https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Talvez eu ainda ame

 
Tags:  saudade    divagação    talvez    ame    desarmado  
 



Estreito entre paredes,
não sei que horas são,
talvez seja meio dia,
talvez você me ame.

Você passa em minha vida,
traça uma linha pontilhada
em preto sobre sorrisos azuis,
campos de girassóis amarelos.
As folhas secas do outono
caem como manto,
um xale rendado da terra,
mas é só divagação e saudade.

Divertida, leva todo o calor,
deixa o frio e consternação.
Toda nossa vida,
passa por meus olhos...
Medo da solidão,
suor na testa, calafrios...

Divertida,
flerta com meus sentimento,
devolve versos amargurados
ao coração desarmado.

O tempo passa, a noite avança,
sonolento não sei as horas,
talvez seja quase quatro horas,
talvez eu ainda ame.
talvez haja um caminho para nós...



De arrebatada figura,
sou altivo, sou forte,
não carrego lutos e mágoas,
até um dia enganei a morte,
na sua faina de colher almas
e renasci.

 
Autor
Warmien
Autor
 
Texto
Data
Leituras
423
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 25/04/2014 12:38  Atualizado: 25/04/2014 12:38
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6797
 Re: Talvez eu ainda ame
Lindas palavras que se trasnfroam nos mais belos sentimentos nesse maravilhoso poema

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/04/2014 13:13  Atualizado: 25/04/2014 13:13
 Re: Talvez eu ainda ame
Poeta,

Teu poema está muito bonito, de uma sensibilidade imensa!

E as tuas palavras chegaram até aqui...deste lado...

E eu gostei imensamente!

Beijos,

Anggela

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 26/04/2014 21:30  Atualizado: 26/04/2014 21:30
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16195
 Re: Talvez eu ainda ame
Poeta
Espero que você ainda a ame! Sempre há um caminho!
Belo e sentido! Adorei a leitura!
Beijos!
Janna