Poemas -> Saudade : 

amar-te de novo...

 
voa a borboleta livre e leve
tal qual emerge o amor
do meu peito adormecido,
quieto,em silêncio...

o amor
despertou!
brilha, trazendo de novo
o teu calor
fecho os olhos
sinto-o doce
o silêncio quebrou,
como visita que em mim
se abriga delicadamente
sinto-me impelida
a amar-te novamente

o amor despertou
dá-me a tua mão
e cala a minha solidão


natalia nuno


Na plenitude da felicidade, cada dia é uma vida inteira.
Johann Wolfgang Von Goethe



 
Autor
rosafogo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
812
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
32 pontos
16
5
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
RaipoetaLonato2010
Publicado: 17/05/2014 23:25  Atualizado: 17/05/2014 23:25
Colaborador
Usuário desde: 13/03/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 2038
 Re: amar-te de novo...
Sempre há esperança nas verdades eternas do amor.
Gostei de ler.


Enviado por Tópico
Manufernandes
Publicado: 18/05/2014 12:42  Atualizado: 18/05/2014 12:42
Subscritor
Usuário desde: 09/12/2013
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3791
 Re: amar-te de novo...
"...dá-me a tua mão
e cala a minha solidão"

Lindo!!!
Abraço
manu


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/05/2014 21:17  Atualizado: 18/05/2014 21:17
 Re: amar-te de novo...
Olá Natália,

O amor pode eclodir a cada instante
Mesmo quando não se está á espera
Ficando predisposto a seu amante
Para amar, entronizando a quimera!

Este poema tem uma característica muito especial onde o expoente do amor intrínseco é a todos os títulos digno de realce! O amor não tem tempo nem idade!

O prodígio do amor pode fazer calar e desvanecer a solidão! E de que maneira!

Fiquei muito contente por deixares chegar aos dedos, o palpitar do coração!

Beijos

João


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 18/05/2014 22:55  Atualizado: 18/05/2014 22:55
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 25004
 Re: amar-te de novo...
As vezes o silêncio adormece, desperta o amor. Uma verdadei ternura. Somente aplaudir


Enviado por Tópico
Robertojun
Publicado: 19/05/2014 20:21  Atualizado: 19/05/2014 20:21
Colaborador
Usuário desde: 31/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 2188
 Re: amar-te de novo...
Olá, rosafogo!

Parabéns pela linda poesia.

Aplausos de pé.

Abraço,
Roberto Jun


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 19/05/2014 21:46  Atualizado: 19/05/2014 21:46
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 9990
 Re: amar-te de novo...P/rosafogo
Como sempre lindo! Um poema de apelo ao amor solitário e insatisfeito, apreciei muito.
Beijinho amigo, Vólena


Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 19/05/2014 21:58  Atualizado: 19/05/2014 21:58
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - BRASIL
Mensagens: 5014
 Re: amar-te de novo...
é tua marca; cantar a saudade, cantar a solidão, que em outras mãos seriam tristes e sem brilho. és uma poeta alquimista, transformando o tema em amor. que ouro! com relação à escrita, sempre ela se mostra para mim; perfeita!

grande abraço!


Enviado por Tópico
Barbozza
Publicado: 20/05/2014 14:33  Atualizado: 20/05/2014 14:33
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2009
Localidade: Brasil - Alagoas
Mensagens: 1399
 Re: amar-te de novo...
Quando o amor desperta dentro de nós, é como ser criança outra vez – vem amor! Estou pronto para amar e ser amado.
Fique na paz amiga, e esteja sempre pronta para receber o amor.