https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Inferno Sangrento

 
Open in new window

Inferno Sangrento

O inferno em minha alma habita
exposto em chagas sangrentas
como fosse uma herança maldita
me afogando em mar em tormentas.

Noite apos noite, dia apos dia
vestido de morte, negras as nuances
trágico palhaço que sempre me sorria
revelando em sussurros, historias
e romances, dor e fantasia

Encenas languido as suaves melodias
soturno e sorrateiro, como fogo faminto
espreita em pedras de visguento labirinto
em trevas das trevas de falsas idolatrias.

Sinistra é a existência do instante
Da garganta são os gritos que ressoam
Como feras que se cruzam nos caminhos
Como homens que por amar magoam


Alexandre

 
Autor
montalvan
Autor
 
Texto
Data
Leituras
524
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.