https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

ENFERMIDADE

 
 
Open in new window


Enfermidade

Dentro de mim vem uma dor sem explicações
E tento entender o porquê que cheguei aqui
Confesso que desejei um tempo de paz e flores
Mas me tiraram até as sementes
Meus olhos choram um vazio deixado
E me agarro aos trapos das minhas ilusões
Sem fome, me alimento de saudades
Quis o bem, edifiquei lindos sonhos num lar banhado em brisas
Sinto que nem a esperança se faz presente
Apenas um nada que fere, uma porta trancada
E eu invadida por tamanha tristeza
Olho e não consigo acreditar em mim, em ninguém.
Carrego em peso minhas mãos fracas, o peito doído
E vejo imagens numa vidraça embaçada
Resguardo-me de mais dor, afasto-me do mundo
Talvez a covardia se agacha ao meu lado
Tempos perdidos me deixaram perdida
Não sei onde ir ou mesmo pousar.
Deito e desejo dormir, dormir e dormir
Até esta dor passar...


 
Autor
Branca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
2156
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
22
7
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
saraabreu
Publicado: 27/06/2014 21:19  Atualizado: 27/06/2014 21:19
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2014
Localidade:
Mensagens: 2423
 Re: ENFERMIDADE
Um canto deveras nostálgico Branca, por isso deveras sentido também...haja capacidade para enfrentar certos momentos decadentes da vida...mas tudo passa, e enquanto não passa:

"Deito e desejo dormir, dormir e dormir
Até esta dor passar..."

Para refletir.

Abraço
Luzia


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/06/2014 21:23  Atualizado: 27/06/2014 21:23
 Re: ENFERMIDADE
Oi Branca! essa dor é muito forte,
Mas tu es mais, e breve haverá o sorriso
Achei sua falta!
Abraço amigo


Enviado por Tópico
sendoluzmaior
Publicado: 27/06/2014 21:25  Atualizado: 27/06/2014 21:25
Subscritor
Usuário desde: 01/05/2012
Localidade:
Mensagens: 4524
 Re: ENFERMIDADE
É de fato um grande desafio, talvez o maior. Vou dizer o que sempre funciona comigo: Amado espírito verifique a vida que tenho e dê-me as coisas que irão melhorá-la. E ainda amado espírito o que devo saber? Pronto, repita quantas vezes quiser e saiba que vai mudar e realmente muda.
Abraço de luz


Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 27/06/2014 21:53  Atualizado: 27/06/2014 21:55
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5282
 Re: ENFERMIDADE
Olá Branca. Um belo texto. Sim, belo porque bem escrito, como sabes fazer. Quanto ao conteúdo, ele retrata uma enfermidade que se passa no interior de muitos e sorte de quem se põe a desabafar. Alguns não conseguem e acredito que a dor é maior.


agradeço a partilha.

bjo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/06/2014 22:01  Atualizado: 27/06/2014 22:02
 Re: ENFERMIDADE
De dentro dos olhos reflete um olhar de amargura que o sorriso se fechou pela desilusão causada por um ser que tanto você o amou.

lindo poema


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/06/2014 02:02  Atualizado: 28/06/2014 02:02
 Re: ENFERMIDADE
Só Deus mesmo pra dar a força para para suportar tudo isso.

bjs


Enviado por Tópico
Manufernandes
Publicado: 28/06/2014 09:13  Atualizado: 28/06/2014 09:13
Subscritor
Usuário desde: 09/12/2013
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3860
 Re: ENFERMIDADE
quem já viveu o suficiente
para dizer "tenho experiência de vida"
vive a sua poesia como se fosse própria.
Gostei!


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 28/06/2014 11:44  Atualizado: 19/06/2015 22:25
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29152
 Re: ENFERMIDADE
As vezes nossos corações perdem seus encantos por que choram lágrimas de uma desilusão que os sentimentos não se brotam mais, pois a raiz do amor morreu.

Um poema lindíssimo, muito sentimental


Enviado por Tópico
lisa++
Publicado: 04/07/2014 16:04  Atualizado: 04/07/2014 16:04
Super Participativo
Usuário desde: 07/02/2014
Localidade: Alcobaça
Mensagens: 134
 Re: ENFERMIDADE
Olá Branca, da emoção escrita não vou falar, porque respeito toda e qualquer DOR (são codigos que faço questão de manter), apenas quero dar os meus parabens pela forma realista, subtil e muito equilibrada como transpôs DOR.Parabens


Enviado por Tópico
ManoelDeAlmeida
Publicado: 12/07/2014 02:10  Atualizado: 12/07/2014 02:10
Colaborador
Usuário desde: 30/05/2011
Localidade: Campo Grande/MS - Brasil
Mensagens: 835
 Re: ENFERMIDADE
Seus versos me fizeram lembrar de quando eu descobri que era Renal Crônico e que tinha de fazer hemodiálise,... eu só queria fugir de tudo e de todos e deitar e dormir, dormir,...
mas o tempo passa e temos de buscar força, porque a vida continua,... hoje, faço hemodiálise,... mas sou uma pessoa feliz. Abraço e desculpe-me por viajar em seus versos.


Enviado por Tópico
ManoelDeAlmeida
Publicado: 30/08/2014 11:15  Atualizado: 30/08/2014 11:15
Colaborador
Usuário desde: 30/05/2011
Localidade: Campo Grande/MS - Brasil
Mensagens: 835
 Re: ENFERMIDADE
Seus poemas exalam vida sentida, sofrida, vivida! Eu sempre digo que a vida tem de ser vivida com intensidade, seja na dor, seja na alegria; porque, afinal, tudo é viver e tudo é aprender! E tudo, finalmente, valerá a pena, porque, quem nos criou, tem para nós objetivos maiores de felicidade e realização. Quanta intensidade nos seus versos!

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 07/11/2014 13:14  Atualizado: 07/11/2014 13:14
 Re: ENFERMIDADE
«Confesso que desejei um tempo de paz e flores
Mas me tiraram até as sementes
Meus olhos choram um vazio deixado
E me agarro aos trapos das minhas ilusões
Sem fome, me alimento de saudades»


Fonte: http://www.luso-poemas.net/modules/ne ... ryid=273480#ixzz3IO6FtbsC

Cada palavra que seu eu- poético escreveu me falou fundo ao coração,pela identificação,porque quando nos sentimos doentes não só do corpo mas do espírito,os dias são sombrios e o existir é um respirar de dores e lágrimas e tudo em tempos assim,é tão solitário,absoluto e quase como se sem saída,mas enfim a vida nos cura,mesmo com as cicatrizes sendo visíveis e acho Branca,que ficamos mais fortes,mas sensíveis ao sofrimento alheio,pela capacitação da própria experiência.Bjs,boa final de semana