https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Eu! Ser humano

 
Tags:  poesia    reflexão    humanidade    jomad    orgulho  
 
Se virem a terra presa num silêncio, foi a minha voz que a fez calar
Pois embora humana e fragilizada, grita mais que trovoada a chegar

Se virem o Céu todo rosado, foi por eu o ter envergonhado
Mostrando o corpo de Humano fraco, mas livre de pecado

Se os monstros não me tornarem sua cópia fiel
Usando a terra silenciada no rosado céu do meu papel
É porque os monstros não existem, são pura invenção
Pois os humanos fracos como eu, são dados à imaginação
Precisam de trovejar a voz e livrar o corpo da fraca ilusão

Se virem bosques de palavras, escritas em colinas de Poemas
Deslizando nas linhas agitadas por branduras e celeumas

Se escutarem a melodia que vos ecoa no coração cavalgante
Sabem o mesmo que eu sei, sabem algo de emocionante

Sabem que….
Percebem que…
Bem, vocês o sabem também…
Não preciso de repetir,
o que todos de nós sabemos de nós como ninguém!


Open in new window

 
Autor
jomadosado
 
Texto
Data
Leituras
499
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Barbozza
Publicado: 02/08/2014 19:26  Atualizado: 02/08/2014 19:26
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2009
Localidade: Brasil - Alagoas
Mensagens: 1427
 Re: Eu! Ser humano
Como ser humano imperfeito, criamos a dor e fugimos do prazer, mas nunca é tarde para tudo em versos se transformarem;
Abraço amigo,