https://www.poetris.com/
 
 
Para F. Duarte
.
Olhas os corpos presos aos canteiros,
onde encontras os relógios quebrados.

Poemas transformam muralhas em folhas
Desdobram-se as horas em agonia e tédio.

O poeta desenha as flores do tempo;
liberta as palavras da obscuridade.


O amor movimenta-se. Poemas em ondas escrevem nas águas.

 
Autor
RaipoetaLonato2010
 
Texto
Data
Leituras
838
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
18 pontos
6
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/08/2014 00:35  Atualizado: 18/08/2014 00:35
 Re: Para F. Duarte ( Poeta português )
Disse tudo, uma linda e merecida homenagem, parabéns!

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 19/08/2014 03:48  Atualizado: 19/08/2014 03:48
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Retrato
o poeta que pinta-nos como um espelho
que nos vê. parabéns pela linda homenagem. bjs

Enviado por Tópico
Transversal
Publicado: 19/08/2014 21:05  Atualizado: 19/08/2014 21:05
Colaborador
Usuário desde: 02/01/2011
Localidade: Fortaleza - Lisboa
Mensagens: 3687
 Re: Retrato
"O poeta desenha as flores do tempo"
Tu desenhaste-as e desenhas-as Poeta Laureado,apenas e só obrigado.

Agradecendo-te com emoção.


Enviado por Tópico
F.Duarte
Publicado: 22/08/2014 17:45  Atualizado: 22/08/2014 17:45
Da casa!
Usuário desde: 17/10/2012
Localidade: foz do Rio Tejo
Mensagens: 338
 Re: Retrato
Que posso eu dizer-te Poeta Laureado entre
os corpos, os relógios
os poemas,
principalmente quando as flores do tempo
libertam palavras? Que a obscuridade clareie os dias ou porque não as noites.
Por fim, Obrigado Poeta Raimundo. Um Abraço de quem se sente honrado.