https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Você

 
Você
 

A penumbra dominava minha alma,
Ate aquele momento achava que a vida era mordaz,
Sentia serem incuráveis meus desalentos,
Mas como sonho, um anjo apareceu.

Pensava ser funesto ficarmos juntos,
Olhando diante de mim naquela mesa, o teu rosto
Algo fulgurante dentro de mim acendia,
No primeiro instante mantive-me longínquo
Por estar nos meus anseios psíquicos um sentimento néscio.

Impertinentes aversões moldaram-nos,
Queriam nos inibir fantasiavam historias apócrifas
Para que nos afastássemos,
Mas é irrefutável que este sentimento é infrangível,
Pois você querido é quem irradia meus dias,
Injeta na minha veia alento para viver novamente.

Agora vejo que meu apogeu é você,
Teus beijos têm o talento que me faz sentir abençoado,
Apenas por estar contigo tenho o prazer de viver sorrir,
O qual não pensava jamais regozijar.

Se isso for uma ilusão que a vida vê iluda para sempre,
E se isso é apenas harmonicamente um pretexto para fazer melodias,
Que continue com estes pretextos opulentos.



Paula Agus
email: paulassagus@gmail.com




 
Autor
Paula Agus
 
Texto
Data
Leituras
861
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/10/2014 03:42  Atualizado: 28/10/2014 03:42
 Re: Você
Estupendo!