https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

BALADA DE UM TEMPO TRISTE

 
Era um lindo lugar
Entre o ventre a calma do dia
Assegurava um sol de verão - harmonia
E chegavam aos olhos a meiguice dos folhos
Sobre a carne …carne macia
Vão luzir as estrelas e à noite vou vê-las
Fantasias…fantasia.

É tão certo eu estar aqui
Bem me lembro que vivi
Dou ao traço a freguesia
Com uma tinta carregada
De mudança consumada
Sem estação
Nem maneiras…

Aguento bem cada balanço
Nunca espero o que alcanço (e o que não)
E por isso saí da minha vida
Como nódoa um tanto enraivecida
Estão chizatos e navalhas
Que ainda vão cortar-me ao calhas
Pela tua MÃO!

 
Autor
fcsguimaraes
 
Texto
Data
Leituras
721
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
36 pontos
6
3
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/12/2014 17:22  Atualizado: 15/12/2014 17:22
 Re: BALADA DE UM TEMPO TRISTE
Aquele que é feliz espalha felicidade.
Aquele que teima na infelicidade, que perde o equilíbrio
e a confiança, perde-se na vida.
Anne Frank



Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 15/12/2014 19:00  Atualizado: 15/12/2014 19:00
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: BALADA DE UM TEMPO TRISTE
Teu poema instigante , instigou-me as minhas reflexões sobre os balanços que vez ou outra agita a minha vida. Muito bom, poeta!!
Abraços


Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 07/02/2015 11:40  Atualizado: 07/02/2015 11:40
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5282
 Re: BALADA DE UM TEMPO TRISTE
gosto desse estilo onde o conteúdo aproveita-se das palavras com esmero.

agradeço a partilha e levo.

abraço