https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Apenas deixe que a encontre

 










Minha linda,
você não precisa voltar,
apenas deixe que a encontre!

Então, caminhe devagar,
fuja olhando para trás
para que eu não me perca.
Deixe uma trilha
do seu perfume preferido
impregnando o ar
com o cheiro da sedução.

Você não precisa voltar,
apenas deixe que a encontre!
De quando em quando,
num sussurro indolente
murmure meu nome
para que soe como melodia
a guiar-me os passos.
Deixe que a luz do seu olhar
o brilho dos olhos verdes
possam iluminar
os percalços da minha jornada.

Você não precisa voltar,
apenas deixe que a encontre!
De quando em quando,
olhe para trás
e se uma sombra enxergar
saiba que serei eu
a seguir seus passos,
eternamente a caminhar.

Essa procura me atiça,
então saiba que a seguirei,
seguirei você, minha linda,
minha linda, para sempre,
eternamente e mais ainda,
agora inesquecível ausência
em meu triste viver.


De arrebatada figura,
sou altivo, sou forte,
não carrego lutos e mágoas,
até um dia enganei a morte,
na sua faina de colher almas
e renasci.

 
Autor
Warmien
Autor
 
Texto
Data
Leituras
554
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AndresaRegina
Publicado: 17/01/2015 21:33  Atualizado: 17/01/2015 21:33
Muito Participativo
Usuário desde: 01/04/2013
Localidade: cosmopolita
Mensagens: 75
 Re: Apenas deixe que a encontre
Poeta, achei linda a sua poesia si bem que triste. Tb fiquei molto curiosa para saber qual é esse perfume que faz tanta sedução assim. Espero que encontre a sua musa. Bjins da Dressa

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 18/01/2015 20:29  Atualizado: 18/01/2015 20:29
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Apenas deixe que a encontre
Poesia de busca e procura do amor.
Ela bem pode representar a nós outros que vivenciamos experiência igual. Muito bom, bom mesmo!!

Viu...vim em teu encalço...rsrsrsr

Feliz noite de domingo, poeta!!