https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

ALMA NUA

 
Tags:  amor    paixão    entrega  
 
Visto-me do teu mais puro sorriso
O que brota da alma, para a alma.
E invade o olhar por cortinas calmas
Como a luz que a manhã traz, sem aviso

Visto-me da tua mais louca euforia
A tocar meus sonhos, em acordes e cores
Partitura dos meus dias, traçada em flores
Pelo o som da tua voz, gostosa melodia

Pois que tu és meu rumo e jornada
Curso perfeito, na luz da alvorada
A guiar-me o peito em amor delirante

E assim, ser bem mais que um instante
O toque que me causa na pele a febre
Luz d\'um sentimento, que nada encobre

(Rita São Paulo)

 
Autor
RitaSãoPaulo
 
Texto
Data
Leituras
823
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
11 pontos
1
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/03/2015 14:51  Atualizado: 25/03/2015 14:51
 Re: ALMA NUA
Quando duas almas gémeas se abraçam, sente-se o alívio imenso de não ter de viver. Não há necessidade, nem desejo, nem pensamento. A sensação é de sermos uma alma no ar que reencontrou a sua casa, que voltou finalmente ao seu lugar, como se o outro corpo fosse o nosso que perdêramos desde a nascença.

Miguel Esteves Cardoso