https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Xarope de Amora

 
Hoje, faz-me um poema.
Escreve em nome do que fomos,
à sombra delicada do que jamais seremos.
Diz de mim ao silêncio pérfuro do papel,
que ando por março a soluçar-te,
que meu corpo hesita em conter-me,
minh’alma em suceder-me
e que prematuros espinhos
fustigam-me o peito,
exausto de agoras.
Hoje, faz-me um poema.
Bebe nele o sal do meu rosto,
o elixir da minha carne.
Condena-me, amado, à estação amarga
das palavras tuas.

 
Autor
Amora
Autor
 
Texto
Data
Leituras
763
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
8
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 10/03/2015 02:34  Atualizado: 10/03/2015 02:34
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Xarope de Amora
sem contra indicação nenhumas!
pasma daqui. beijo amada


Enviado por Tópico
martims
Publicado: 10/03/2015 10:57  Atualizado: 10/03/2015 10:57
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6798
 Re: Xarope de Amora
Sombras tristes que se perdem dentro de nosso ser, que os ventos não vem mais dos horizontes, deixando de se estacionar nos sentidos de nossas almas, algo que se bebe no cais dixando éblio os corações, de amor


Enviado por Tópico
Ro_
Publicado: 10/03/2015 12:15  Atualizado: 10/03/2015 12:15
Colaborador
Usuário desde: 25/09/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 3962
 Re: Xarope de Amora
Oi Amora!
Que linda tua escrita, eu adorei conhecer!
Um beijinho!


*-*


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 10/03/2015 12:19  Atualizado: 10/03/2015 12:19
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Xarope de Amora P/Amora
Amoras têm o elixir do amor, vermelinhas como um coração em flor, quando são escurinhas já não interessa, já estão maduras demais... um bonito poema, gostei, beijinhos Vólena