https://www.poetris.com/
 
Textos : 

QUANTOS SORRISOS BONITOS

 
CORDÉIS EM SEPTILHAS:

“Não ah distancia que a mente não alcance em segundos, e que a perseverança não encurte ao necessário”.
MJ.

Quantos sorrisos bonitos
Alegrando esta nação
Que passa por aperreios
De cortar o coração
É CPI pra todo lado
Um monte de deslavado
Saqueando esta nação.

Se tu vai me dar às flores
Avise com antecedência
Meu coração tem carências
De afagos e calores
Ele pode até pifar
Antes da gente namorar
E provar nossos sabores

Que pessoinha mais linda
É uma criação do amor
Onde dois seres gozou
E nasceu um fruto lindo
Que hoje vive sorrindo
Caminhando em meio às flores,
Que assim vá prosseguindo

Cada beijo que tu mandas
Balança a minha estrutura
Pois tu és a criatura
Que não tem alma malandra
Que Deus te conserve assim
Com a bondade no comando,
Ó linda flor de meu jardim.

Bote o coração na mão
E o juízo na cabeça
Não te faça de durona
Outra vez não te esqueças
Que seremos ajuntados
Num amor intensificado
Tão logo a gente mereça

É na bolinha de sabão
Que vou provar tuas salivas
Depois eu quero que me digas
Se não mexeu com meu tesão
Se acaso tu me convencer
Eu trato de te esquecer
Ao menos até e São João

O vento trouxe pra mim
O perfume do teu hálito
E eu botei no pergaminho
Todo este meu contraste
De querer-te por inteira
Quando te tenho em partes
Quero usar meu bacamarte.

O teu beijo virtual
Descompassou meu coração
Agora estou passando mal
Mais recheado de tesão
Se tu fizer isto outra vez
Eu viajo por mais de mês
Para pegar nas tuas mãos

Teu sorriso me desmonta
Vejo a minha estupidez
Quando no dia de ontem
Eu deixei passar a vez
De beijar-te intensamente
Te conquistando por inteira
Minha pérola permanente

Na minha vida o processo
É de adoçar por etapas
Quando eliminado as farpas
Que regem meu dia a dia
Nos momentos de alegrias
É que o açúcar se destaca,
Me valho das fantasias.


Enviado por Miguel Jacó em 12/03/2015
Código do texto: T5167165
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
374
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
9 pontos
4
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Barbozza
Publicado: 12/03/2015 13:15  Atualizado: 12/03/2015 13:15
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2009
Localidade: Brasil - Alagoas
Mensagens: 1427
 Re: QUANTOS SORRISOS BONITOS
A dicotomia do amor sempre presente em uma relação, que seja presente ou na imaginação, abraço Migueljaco.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 12/03/2015 16:16  Atualizado: 12/03/2015 16:16
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29155
 Re: QUANTOS SORRISOS BONITOS
Nas imaginações esta os nossos sentidos que viaja nas delicias das seduções onde o desejo é a essência que alimenta esse belo ensejo

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 12/03/2015 17:25  Atualizado: 12/03/2015 17:25
 Re: QUANTOS SORRISOS BONITOS
Que show de cordel, meus aplausos de pé...

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 13/03/2015 20:42  Atualizado: 13/03/2015 20:42
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15994
 Re: QUANTOS SORRISOS BONITOS
Poeta Miguel
Apreciei a leitura! Beijos!
Janna