https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Como um rio

 
Tags:  amor    paixão    memórias  
 
Não lamento os amores
Que não amei
Por egoísmos feitos de mim
Em cansaços de rotinas
Que não quis
De mil perdões sem fim.

Envelheço em memórias
Vagueando
Em belos momentos soltos
Como pérolas de um rosário
Rezado
Por toda uma vida
Com mil histórias.

Contos meus
Feitos de imagens
Onde se apagam os rostos
E os personagens
E até eu!
Que não me soube fixar
Em ponto algum
Por não conseguir permanecer
Nas longas paragens.

Mais pareço um rio
De águas revoltas
Correndo apressado
Para o azul,
Para o mar
Talvez esperando encontrar
(Quem sabe?),
A paz
Na morte da paixão
Que não sabe amar.
(Talvez como eu…)



 
Autor
MariaSousa
 
Texto
Data
Leituras
939
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
45 pontos
15
7
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ALFA
Publicado: 21/08/2015 20:24  Atualizado: 21/08/2015 20:24
Colaborador
Usuário desde: 14/04/2015
Localidade:
Mensagens: 880
 Re: Como um rio
Rio que levas as mágoas
Em dias de muito calor
Guarda, um fio d’água
Para regares, esta flor!

Os rios são fontes de vida! Quem neles se deixa banhar, a vida, tem outro brilhar!

Beijos


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 21/08/2015 20:46  Atualizado: 21/08/2015 20:46
 Re: Como um rio
todos vamos para algum lado, como os rios. parabéns e um abraço


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 22/08/2015 13:46  Atualizado: 22/08/2015 13:46
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9314
 Re: Como um rio
Bom dia Maria, teus versos enredam uma personagem que encara a vida como um exercício diário, onde acertar, e errar alguma coisa é natural, e busca um equilíbrio emocional capaz de lhe permitir viver a vida que lhe seja possível em detrimento da distância do que sonhou, parabéns pelo eloquente poema, eu te desejo um final de semana de mitas satisfações, um abraço, MJ.


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 22/08/2015 21:15  Atualizado: 22/08/2015 21:15
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Como um rio
Ahh, como amo poesias que tem o Rio como tema, com suas correntezas e obstáculos, semelhante mesmo à nossa vida.
E a tua tão expressiva poesia, querida Maria, me fez lembrar o pensamento de Lao-Tsé: "O rio atinge seus objetivos porque aprendeu a contornar obstáculos" .

Mil parabéns, amiga, amei de paixão!

Beijinhos!!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/08/2015 02:02  Atualizado: 23/08/2015 02:02
 Re: Como um rio
*desaguando no mar...
um poema introspectivo riquíssimo!
beijoka*


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 23/08/2015 12:22  Atualizado: 24/08/2015 22:36
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Como um rio P/Maria Sousa
E mesmo assim como descreve tão bem, um rio.
nasce alegre e feliz descendo a serra lindo e sinuoso e encontra bordejando flores lindas outras sequiosas mas também socalcos e fragas que vai ultrapassando com dificuldades, mas que lhe dá força e vida até chegar ao grande mar o seu propósito de felicidade. Gostei muito, beijinhos Vólena


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/08/2015 14:28  Atualizado: 25/08/2015 14:28
 Re: Como um rio
Apreciei seu poema em metáforas!

Enviado por Tópico
RayNascimento
Publicado: 27/08/2015 21:50  Atualizado: 27/08/2015 21:50
Membro de honra
Usuário desde: 13/03/2012
Localidade: Monte Roraima - Brasil
Mensagens: 6404
 Re: Como um rio
"Como um rio" a nascente
Veste o poema crescente
Na foz da espera de uma corrente
Virtuosa é a força que segrega
O rio e o mar na pororoca
Que nos faz nadar e conjugar
A verbalização do (a)mar.

Ray Nascimento

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 27/08/2015 23:00  Atualizado: 27/08/2015 23:00
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29335
 Re: Como um rio
Um oceano onde as lágrima choram aquele essência que vai com os ventos a procura daquele verdadeiro azul, cores dos nosso olhos que se mareiam nas amarguras do tempo.

um poema sentido, palavras vindo de uma alma que chora