https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Reencontro com as palavras

 
Não sei por que cargas d’água me afastei da escrita.
Decidi viver outros mundo, outros lugares.
Fui padecendo de cabeça cheia, meu coração
Ficou agastado imerso em ares vazios.
A vida? Essa ficou pesada.
Mas porque tantos ventos angustiados?
Era a solidão da música dos fonemas,
Enchendo meus dias de pesares.
Pensei, pensei e logo vi que era sina.
O jeito era voltar para as palavras,
Não tanto por prazer em escrever
Mas, pela missão de pegar o mundo
Em suas nuances bonitas e feias,
Aprisioná-lo na letra e na forma,
Tornar imagens as maravilhas
E as ruindades
Que andam por todos os lugares
Mas, é no fundo do ser onde elas moram.






 
Autor
Jovina
Autor
 
Texto
Data
Leituras
426
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
26 pontos
4
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Upanhaca
Publicado: 30/05/2015 17:05  Atualizado: 30/05/2015 17:05
Colaborador
Usuário desde: 21/01/2015
Localidade: Sol Poente
Mensagens: 6453
 Re: Reencontro com as palavras
Fez bem em regressar ao mundo das letras, que nos deixa comovidos com encantos da escrita e segredo das palavras.
Fiquei encantado com a prosa poética, bem delineada, onde os versos seguem interligados, proporcionando boa leitura e perceção ao recetor.
Abraço!
upanhaca


Enviado por Tópico
IvaeRoberto
Publicado: 01/08/2015 17:13  Atualizado: 01/08/2015 17:15
Muito Participativo
Usuário desde: 09/09/2014
Localidade: Silves
Mensagens: 74
 Re: Reencontro com as palavrasp/ jovina
Ainda bem que voltaste a escrever com o dom dos verdadeiros e dos fortes, aqueles que atingem o céu de joelhos… rezando …através do papel… do poema…

Obrigado por ter voltado … a ser a parteira do belo… ajudando o coração no nascimento de afecto .

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 24/08/2015 11:02  Atualizado: 24/08/2015 11:02
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29256
 Re: Reencontro com as palavras
Escrever é aquele mundo que os poetas se encontras nas virgulas exalando as palavras, fazendo da escrita o seu mais belo ponto.