https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 »
Offline
Jovina
Confissões de uma mulher
Há um colar de flores em torno de mim. Há uma fera alada sobre o meu ventre Uma serpente. Calien...
Enviado por Jovina
em 08/03/2016 20:52:07
Offline
Jovina
O caminho das estações.
O caminho das estações Nos dias fecundos do outono Visto- me com os frutos amadurados E os o...
Enviado por Jovina
em 29/09/2015 13:54:42
Offline
Jovina
Paisagens cotidianas
Derrama-se chuva de melancolia. Cruzam-se as vontades secas Com alegrias mortas nos corações A...
Enviado por Jovina
em 20/08/2015 23:24:28
Offline
Jovina
Amor casual
O nosso amor cresce, cresce E some atrás dos montes, se vai. Sem aviso, à qualquer hora, volta ...
Enviado por Jovina
em 06/06/2015 12:22:04
Offline
Jovina
Reencontro com as palavras
Não sei por que cargas d’água me afastei da escrita. Decidi viver outros mundo, outros lugares...
Enviado por Jovina
em 30/05/2015 12:28:07
Offline
Jovina
AMOR PRÊt-À-PORTER
Guarda-me-ei desses amores inúteis Que tem o não na frente de suas frases Que nada lhes pertenc...
Enviado por Jovina
em 15/05/2015 21:48:44
Offline
Jovina
CAMINHANDO
E de novo traçou uma linha Entre o céu e a terra, deu-me Tábuas escorregadias e finas Sobre o inf...
Enviado por Jovina
em 04/05/2015 23:16:54
Offline
Jovina
É assim, sem você
É lá na memória que estás Como uma névoa de saudade. Tanto nas tardes como nas manhãs Vivo estran...
Enviado por Jovina
em 10/04/2015 17:55:42
Offline
Jovina
Eu, colagens
Sou eu essa imagem solta dos quadros Que toma formas, tortas, retas Antes mesmo da próxima pai...
Enviado por Jovina
em 07/04/2015 22:19:14
Offline
Jovina
O velório de Eva ( Vida de mulher no Brasil
O silêncio era adequado, mortuário. Nada falavam, nada mais choravam Adriana, Estela, Maria, Be...
Enviado por Jovina
em 06/04/2015 21:27:07
Offline
Jovina
Meu doce amor
Seu amor chegou pra mim Como o cotidiano das manhãs Nas ensolaradas cachoeiras. Amor do riso e da...
Enviado por Jovina
em 11/03/2015 20:46:34
Offline
Jovina
Eu, mulher em movimento.
Sei dos perigos dos caminhos Mas meu medo é fraco, não Resiste á minha decisão de ir. Sei o qu...
Enviado por Jovina
em 08/03/2015 11:42:54
Offline
Jovina
Sobre o amor
O amor é lâmina na letra, Palavra curta, lacerada É limite e silêncio. Nada há na sua rasura impu...
Enviado por Jovina
em 04/03/2015 16:23:58
Offline
Jovina
O sabiá verde- amarelo
Aqui não canta o sabiá. È calibre doze na carne dos meninos Tá, tá, tatá, tatá,tá, tá, tá.. Aqui...
Enviado por Jovina
em 15/02/2015 11:55:56
Offline
Jovina
Laços do medo
Medo de ser descoberto Medo de beijar De se entregar Medo do que virá depois. E se aparecer uma b...
Enviado por Jovina
em 29/01/2015 11:04:58
Offline
Jovina
Confissões de uma poeta.
Digo na letra para falar Do instante. O pensamento efêmero, rápido Isolo-o na sintaxe da língua ...
Enviado por Jovina
em 17/01/2015 21:46:06
Offline
Jovina
A tua espera
És que saio pra rua A procura de tuas mãos Mas, só há memórias de tempos E fatos. Mais saudade de...
Enviado por Jovina
em 03/01/2015 22:49:44
Offline
Jovina
Discutindo a relação
Já nos dissemos quase tudo. Agora mais e mais calam-se Na fala banal da ilusão De sermos um só. S...
Enviado por Jovina
em 16/12/2014 18:07:30
Offline
Jovina
Manhã primaveril
Essa manhã cristalina, entranhada no jardim Conspira o brilho dos meus olhos E acalenta a pétala ...
Enviado por Jovina
em 03/10/2014 22:13:44
Offline
Jovina
Desertora do teu amor
Não me bastou viver contigo, Não quis ser resignada, Preferi não ser uma boa mulher. Não amamente...
Enviado por Jovina
em 25/09/2014 21:56:11
(1) 2 3 4 »