https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

exercício de vento suave

 
ao relento
o vvvento
sopra lento
ffffffffff
sopra o vento
ffffffffff
ao relento
ffffffffff
lento
vvvaaaiii
e vvveeemmm
fffoooiii
vvveeeiiioo
suave
o vento
lambe a pele
nua
tua
ao relento
molhada
suada
e lento
refffreescca-a

Valdevinoxis


Nas troikas não há camaradas e da camaradagem não nascem troikas.


 
Autor
Valdevinoxis
 
Texto
Data
Leituras
602
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 15/02/2008 21:55  Atualizado: 15/02/2008 21:55
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14962
 Re: exercício de vento suave p/ Valdevinoxis
Querido poeta

A suavidade do vento
trás sempre bons
momentos....

beijo no coração

Enviado por Tópico
goretidias
Publicado: 15/02/2008 22:02  Atualizado: 15/02/2008 22:02
Colaborador
Usuário desde: 08/04/2007
Localidade: Porto
Mensagens: 1237
 Re: exercício de vento suave
Um bom vento, suave e terno...
Um abraço

Enviado por Tópico
Ledalge
Publicado: 15/02/2008 23:07  Atualizado: 15/02/2008 23:07
Colaborador
Usuário desde: 24/07/2007
Localidade: BRASIL
Mensagens: 6880
 Re: exercício de vento suave
Original vento, nobre poeta. Gostei muito.Um beijo, Ledalge.