https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Catavento

 

noite e dia
rodopia
procurando antever
a razão
da rajada,
da trovoada,
do turbilhão
dos ventos cruzados
e juízos calados
que se irão abater.

mas cada volta
dessa espiral
instável
e imprevisível,
não gera revolta
mas sim a certeza
de que cada natureza
tem um feitio
e um modo próprio
individual

 
Autor
pAuLoGaLvAo
 
Texto
Data
Leituras
949
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
8
4
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/08/2015 20:08  Atualizado: 05/08/2015 20:08
 Re: Catavento
catavento e cata versos. parabéns, Paulo


Enviado por Tópico
atizviegas68
Publicado: 06/08/2015 10:00  Atualizado: 06/08/2015 10:00
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2014
Localidade: Açores
Mensagens: 1365
 Re: Catavento
Uma ventania poética adorável!

Obrigada por partilhar.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/08/2015 15:54  Atualizado: 06/08/2015 15:54
 Re: Catavento
Gosto de cataventos,gosto de sentir o vento,gostei do
poema. Parabéns Paulo!

Gostei de sua visita,muito obrigada
beijinho

Enviado por Tópico
(re)velata
Publicado: 06/08/2015 20:26  Atualizado: 06/08/2015 20:26
Colaborador
Usuário desde: 23/02/2009
Localidade: Lagos
Mensagens: 2181
 Re: Catavento
Por muito que sejam "coisas da natureza", muitas vezes os ventos e as trovoadas fazem estragos... Gostei de ler!


Enviado por Tópico
MariaSousa
Publicado: 07/08/2015 15:42  Atualizado: 07/08/2015 15:42
Membro de honra
Usuário desde: 03/03/2007
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4096
 Re: Catavento
Boas verdades aqui são ditas.

Gostei muito.

Beijinhos

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 11/08/2015 19:02  Atualizado: 11/08/2015 19:02
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6796
 Re: Catavento
Cata os ventos de uma maneira que sua essência se fragmenta tocando em nossos olhos elaborando a beleza de noso olhar.

maravilha