https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Humor : 

NOVA CINDERELA

 
Tags:  humor    GAZAL    conto de fadas  
 
Cresceu meiga, bela e casta,
com o pai, irmãs, madrasta.

Como no conto de fadas,
sua vida era nefasta:

alternava entre a cozinha,
preparando carnes, pasta,

e a faxina interminável
que o resto da tarde arrasta.

Esperou tanto por fada
que um dia, afinal, deu basta.

E foi vista, sorridente,
com a cabeleira rasta,

na garupa de uma moto,
com a sandalinha gasta.

 
Autor
ALEBA
Autor
 
Texto
Data
Leituras
490
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
14 pontos
2
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 13/08/2015 14:48  Atualizado: 13/08/2015 14:48
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29228
 Re: NOVA CINDERELA
Simplemente uma maravilha, belas palavras que cinderlam nesse belo poema