https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Humor : 

MARIDO DE ALUGUEL

 
Tags:  desilusão    humor    ROMÂNTISMO  
 
- Mas que solidão cruel...
chorava, aflita, a Bebel.

Iludida, então, ligou
pro Marido de Aluguel.

Almejava ter romance.
Dançaria até de véu

com alguém tão carinhoso
que a levasse para o céu.

Entretanto, viu a moça
ir o sonho ao beleléu,

pois o homem no sofá,
como um hóspede de hotel,

quis cerveja, linguicinha,
de marido - fez papel.

 
Autor
ALEBA
Autor
 
Texto
Data
Leituras
549
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 13/08/2015 14:46  Atualizado: 13/08/2015 14:46
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29334
 Re: MARIDO DE ALUGUEL
Tudo se atualiza nos mais belos momentos onde os acontecomentos se faz emanticamente.

belo poema