https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Insano

 
Tags:  amor    coração    sentimentos    duvida    lucidez  
 
Meu coração não bate...
Espanca
Tortura o meu ideal perfeito,
Meu sonho de aluguel

Este coração que alimenta
E regurgita
Meus anseios

Sedutor que sussurra
O beijo lúcido
Da escolha insana

Pragueja ao incômodo devaneio
Racional

Faz birra ao ser contrariado

Pesa e dói
Como que se jogando ao chão
Em pleno peito

Ah! Filho insano...
Luto até o fim para que continue batendo


"A maior riqueza
do homem
é sua incompletude.
Nesse ponto
sou abastado.
Palavras que me aceitam
como sou
— eu não aceito." Manoel de Barros

 
Autor
Cleber
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1992
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
6
3
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 25/09/2015 11:56  Atualizado: 25/09/2015 11:56
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29256
 Re: Insano
Nunca devemos querer ser diferente do osso verdadiero sou, poi o que se prevalesse é o nosso pleno eu.

lindo poema


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 25/09/2015 12:02  Atualizado: 25/09/2015 12:02
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12514
 Re: Insano P/Cleber
SER, é só querer! Gostei abraço Vólena


Enviado por Tópico
Branca
Publicado: 25/09/2015 12:27  Atualizado: 25/09/2015 12:27
Colaborador
Usuário desde: 05/05/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 2988
 Re: Insano
Cleber, muitas vezes passo pelo Luso apenas pra ler.
Mas ao ver aqui teu poema, tinha que deixar meu comentário porque o que li tocou minha alma.
O coração muitas vezes bate de forma a doer, e você expressou muito bem aqui.
Fico aqui minha admiração.
bj.
Branca