https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

CRÔNICAS D'EL REY - soneto sétimo

 
Tags:  SONETOS 2012  
 
CRÔNICAS D'EL REY - soneto sétimo

--“Pelo paço atravessa oculto à vista
O infante que conspira pelo trono.
Cercam-no outros larápios, cujo sono
Se perde na ambição de má conquista.“

“Já morto o irmão e louca a mãe, invista
Em reger a coroa no abandono!...” –
Então argumentavam pelo abono,
Só às suas fortunas tendo em vista.”

“Assim fora Regente e, após, El-Rey...
E, por confuso, o Corso eu enganei
Quando o Antigo Regime ruía lento.” --

Saboreando a ironia vã da História
Pausa para gozar sua mor glória
D'alguém que o bajulasse desatento.

* * *


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
265
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
RicardoC
Publicado: 19/10/2015 13:01  Atualizado: 19/10/2015 13:01
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2015
Localidade: Betim - Minas Gerais - Brasil
Mensagens: 3849
 Re: CRÔNICAS D'EL REY - soneto sétimo
Série de sonetos que evoca o fim do reinado de D. João IV no Rio de Janeiro.

Enviado por Tópico
RicardoC
Publicado: 21/10/2015 12:11  Atualizado: 21/10/2015 12:11
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2015
Localidade: Betim - Minas Gerais - Brasil
Mensagens: 3849
 Re: CRÔNICAS D'EL REY - soneto sétimo
Saudações, luso-poetas.

Concluo hoje a coroa de sonetos "CRÔNICAS D'EL REY", sobre o fim do reinado de D. João Vi no Brasil. Tal como nas outras séries publicadas, publicarei a série inteira reunida para permitir a leitura em sequência dos sonetos e os efeitos próprios do formato cíclico da "coroa".

Espero que aprecieis.

Abraços, Ricardo Cunha.