https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

REFLEXIVO

 
Tags:  SONETOS 2001  
 
REFLEXIVO

A tristeza d'um homem bom me absorve
E o jugo que o acabrunha diz de mim.
Reconheço em seus olhos algo afim
Dos meus a especular quanto lhe torve.

Talvez eu refletir-me n'ele o estorve,
Ansiando, mais que tudo, por ter fim.
-- Sem moral ou feliz: Só um fim-fim! --
Mas lágrimas ainda esse olhar sorve...

Ah, insuspeito espelho de minh’alma,
Não te ocultes ao meu olhar cativo,
Cuja insensata luz me tens a palma!

Não te inquietes do mal que em ti revivo,
Nem receies me somar dores às tuas.
Cuida que meu penar tu continuas...

Belo Horizonte – 10 10 2001



Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
227
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
0
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.