https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

RUÍNAS

 
Tags:  SONETOS 2015  
 
RUÍNAS

Não há ninguém feliz ao meu redor.
Talvez por isso eu deva já partir.
Deixá-la para enfim se descobrir:
Não mais a proteger com meu amor.

Mas, o que é isso? Faça-me um favor!
Se nada mais fará ninguém sorrir,
Por que eu tenha de ainda a divertir?
Não sou Deus p'ra fazer feliz quem for...

Sou apenas um homem... Um humano!
Não salvo mais pessoa do abandono
Quer seja todo mundo; quer ninguém...

Apenas sigo a estrada pela sombra,
Certo de que a ruína que se escombra
Vai logo desabar em mim também.

Betim - 25 11 2015


Ubi caritas est vera
Deus ibi est.


 
Autor
RicardoC
Autor
 
Texto
Data
Leituras
259
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 26/11/2015 13:05  Atualizado: 26/11/2015 13:05
 Re: RUÍNAS
Belo soneto,..