https://www.poetris.com/
 
Contos -> Minimalistas : 

ENGª AMELY

 
Tags:  palavras    vento    sentir    homens  
 
Ela adorava por-se em cima das cadeiras,como que a mostrar-se a nós homens,ao passo que eu adorava sentir o vento no cabelo tipo Michael Douglas ou Don Johnson,
Ah Engenheira Amely ! Nunca me vou esquecer das tuas palavras,do perfil que de mim traçaste e do teu proverbial conselho"Agarre o boi pelos cornos",
Eras a minha formadora de matemática naquele curso de Telecomunicações,
Em que todos os colegas troçavam da minha ignorância na dita disciplina,
Até que chegou a minha vez de ir ao quadro ,
E ai fui confiante,resolver qualquer equação ou inequação,
Nem levei caderno quando todos o tinham levado só para te impressionar,
Acabei o meu exercicio e pelo meio deixei cair o giz no meio daquilo e disse-te"Thanks"...sorrindo e tentando imitar o tom de voz dos actores glamourosos de Hollywood,
O certo é que o exercicio por mim feito estava correcto,
E todos os colegas limitaram-se a passar o exercicio corretamente feito por mim...imagine-se!
E também tu,EngªAmely,me ficaste a ver com outros olhos,
Não era só o moço de 20 anos de olhos azuis ,que pensava estar no auge da masculinidade,
E tentava captar a tua atenção,
Afinal era algo mais do que isso...
Tb poderia ser bom em Matemática.

SEMEANO OLIVEIRA


21 DE MARÇO 2016 - Participei na Coletanea de Poesia da EDIÇOES VIEIRA DA SILVA ,intitulada "ECOS DE APOLO"

 
Autor
SEMEANO
Autor
 
Texto
Data
Leituras
230
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.