https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Chuvas

 
Tags:  tempo    rios    clima  
 
Open in new window

Chuvas

Há doze dias está chovendo sem parar
Parece que um novo dilúvio está a cair
As lavouras de soja estão a prejudicar
Um quarto da produção poderá destruir

A natureza está claramente a se vingar
Da ação do homem que está a produzir
Muitos pesticidas se continua a aplicar
Sem pensar nos males que irão surgir

As margens de rios não são preservadas
E as nascentes não estão conservadas
Com isso ocorrem tantas instabilidades

As florestas continuam sendo devastadas
Por amplas áreas que serão cultivadas
E ninguém assume as responsabilidades.

Jmd/Maringá, 29.02.16





verde

 
Autor
João Marino Delize
 
Texto
Data
Leituras
640
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 29/02/2016 18:39  Atualizado: 29/02/2016 18:39
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6799
 Re: Chuvas
A prorpia natureza reage de acordo com a ação dos homens, cada ação resulta numa reação.

poema inteligente muito bem escrito, reflexivo