https://www.poetris.com/
 
Textos -> Amor : 

Suspiro

 
Suspiro
Acordei com o sol nos olhos e o perfume da tua presença no ar que respiro num simples suspiro.
E senti-me alegre, como um pássaro livre que se desloca na imensidão aérea da minha paisagem verdejante, em tons de primavera teimosa…e gulosa!
Hoje eram belos os montes, os vales e as planícies. Estas, misteriosamente inclinadas, mostravam-se expectantes para te verem passar num sopro…como quem vibra no mesmo lugar!
Até sorri um sorriso tão sorridente, que me vi forçada a proteger os ouvidos, não fosse caso de a felicidade me escapar por entre as mãos erguidas, numa prece de agradecimento…ou de lamento? Não sei…
Até o céu, apesar da trovoada, se abriu num sorriso em forma de arco-íris para te olhar e te enfeitar o caminho…depositando no teu colo um bouquet de carinho!
Mas as gotas de chuva vieram depor, com brandura, a tristeza no meu olhar…e o vento, zangado, zombou de mim numa gargalhada de desencanto…quebrando o quebranto em que eu estava a mergulhar!
O que fazer, quando os elementos não se cruzam com o caminho traçado na esperança distraída nos cumes da vida?
Abandonam-se os montes, secam-se as fontes…e num queixume sereno aguarda-se um novo entardecer…apenas as lágrimas queimam as minhas faces nas cinzas que ficaram no meu corpo a arder…
Já não sei se é noite no meu dia, ou se as sombras que a mim se colam suspeitam que haverá um novo sol amanhã…debitando fracos fios de luz numa morte por morrer…
Sabe-me a boca a mosto do teu vinho que jamais irei provar, porque o desejo é sonho de um dia por inventar e eu…não sei quantas vezes me embriago no verbo de um simples olhar…
Perco o tempo entre a tristeza e a desilusão e contigo…perco a noção do tempo inscrito em sílabas de um livro de páginas por escrever neste dia…em que suspiro, e nem vi que estou a entardecer.

 
Autor
Nininha
Autor
 
Texto
Data
Leituras
448
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
46 pontos
10
6
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 16/04/2016 00:47  Atualizado: 16/04/2016 00:47
 Re: Suspiro
encantou- me teu poema, levo para meditar

Abraços


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/04/2016 22:54  Atualizado: 17/04/2016 22:54
 Re: Suspiro
Um belíssimo texto, um desabafo que a natureza ouve e sente. Tenha a certeza, nunca se esqueça que nem o vento e nem as gotas de chuva ficariam algum dia contra aqueles que amam, contra aqueles que trazem a eles toda e qualquer dor. Esse suspiro foi levado e retorna a você em forma de carinho, de Fé, de arco-íris...as trovoadas e tempestades são mal compreendidas, o que seria de nós sem elas....Parabéns pelas lindas palavras. Fique com Deus.


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 17/04/2016 23:17  Atualizado: 17/04/2016 23:17
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16057
 Re: Suspiro
Perfeito! Suspirei aqui!
Janna


Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 18/04/2016 23:07  Atualizado: 18/04/2016 23:07
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15132
 Re: Suspiro
Prosa poética recheada de elementos naturais que me encantam os olhos e preenchem meu coração. Assim que gosto: Feito com doçura, ternura e amor. Beijinhos!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/04/2016 11:34  Atualizado: 20/04/2016 11:34
 Re: Suspiro
O suspiro é doce...

O seu, também é...

Adorei ler o teu poema!

Um beijinho,

Anggela