Poemas : 

QUINTA-FEIRA

 
 

QUINTA-FEIRA 21/05/2015

Hoje ainda é quinta,
cresce a ansiedade
na perspectiva
de uma certa liberdade.

Ainda é quinta-feira,
mas o amanhã virá
Amanhã terá,
eu já vejo.

Passeio de carro
um dia de sol
e muita cerveja.

E se esse amanhã
não vier.
Se chover.
Se o carro quebrar.
Se a cerveja esquentar.

Ai mesmo assim
não vou ser pessimista veja.
Vou a pé ao açougue
Comprar uma costelinha
Se não tiver dinheiro
Uma barriga
Coloca-la na cerveja,
para outro amanhã.

Não me esqueço
se houver esperança.
Amanhã é só um
adjunto adverbial
no tempo.

É só o tempo.
Sempre haverá
um outro amanhã.
Depois e depois
do amanhã.

Dante Locateli

http://naquelesegundo.blogspot.com.br/2015/05/quinta-feira.html

 
Autor
Locateli
Autor
 
Texto
Data
Leituras
569
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.