https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

SAUDADE INFINDÁVEL.

 
No dia surgindo, o galo logo vai cantar,
Detrás da árvore, o sol começa a brilhar.
Preparo um café, enquanto o pão assa,
Coloco o leite quente na mesa da sala.

Vejo o belo sol e o meu jardim multicor,
Sinto a brisa me tocar, lembro do meu amor.
Aflora em mim uma saudade gigantesca,
Meus olhos despejam lágrimas de tristeza.

Meu coração bate descompassado no peito,
Está infeliz, em profunda melancolia,
Clamando por seu carinho nesse momento.

O meu semblante perdeu toda a alegria,
A solidão me acompanha em meu caminhar,
Te peço que venha lo
go, eu quero te amar!


"A vida é um poema que escrevemos todos os dias".
UMA MULHER UM POEMA
http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.5/pt/deed.pt_PT

 
Autor
UMA MULHER UM POEMA
 
Texto
Data
Leituras
260
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 23/07/2016 23:39  Atualizado: 23/07/2016 23:39
 Re: SAUDADE INFINDÁVEL.
Soneto lindo em versos simples!