https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Refúgio

 
Tags:  vida    rimas    pensamento    social    cotidiano  
 
Refúgio
 
Aquele meu abrigo
Dentro dele não sinto perigo
Possuo liberdade, anda é proibido
Do mundo caótico, lá eu respiro
Não importa o que aconteça
Estarei seguro, tenho a certeza
Posso entrar chateado
Posso entrar magoado, abalado
Mas estarei bem, naquele lugar
Pois, nele poderei descansar
Os pensamentos poderei organizar
Esse lugar é, para mim, essencial
Em outras palavras, ele é especial.

O lugar que me conforta
Meus lamentos ele suporta
Para mim ele abre as portas
Me carrega em suas costas
Pobre, pobre dele
Abuso muito ele
Mas minha necessidade é alta
E ele nunca me falta
Sempre presente para me ajudar
Sempre de mãos abertas para me apoiar
Eu passo muito tempo com ele, eu sei
"Mas preciso dele", eu direi
E não o abandonarei
Todos procuram tentando o achar
Mas poucos conseguem encontrar
O verdadeiro está escondido
Eu sinto.

Precisamos nos aliviar
Dores de cabeça, nos livrar
Então, precisamos o alcançar
Ele vai nos escutar
Nos deixar pensar
Não quero me adiantar
Mas creio que é importante
És tipo meu ajudante
Totalmente relevante para mim
Preciso dele, em fim
Sempre esteve ali
E sempre o vi
Mas só hoje o senti
Estranho? Mas é a verdade
Sinto o ar da liberdade
Nenhuma inimizade
Nenhuma falsidade
Nem mesmo crueldade
Longe da sociedade, a bondade.

Lá é onde me acalmo, relaxante
Respiro e penso bastante
Afinal, sou o único ocupante
Torno-me um viajante
Em busca de algo empolgante
Dos problemas torno-me um atacante
Alguns resolvo em instantes
Lá é onde eu durmo
Onde me sinto seguro
O abrigo desse meu mundo.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
265
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.