https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Vampiro

 
Tags:  tristeza    rimas    pensamento    social    surreal  
 
Vampiro
 
Sua vitalidade ele irá sugar
Você deve se cuidar
Para ele não te apanhar
Deve se proteger
Tudo acabará ao amanhecer
Nessa hora ele irá desaparecer
Mas fique atento, pois ele não irá perecer
Não irá morrer, somente quando o Sol nascer
Faça como nos filmes de terror
Uma estaca no coração, sem temor
Mas não sinta remorso, certo?
Afinal ele é um monstro perverso
Não merece piedade, correto?
É um fato concreto
Diz a lenda que ele age de modo discreto
Porém, depois de todo o resto
E se antes de virar um monstro
Ele fora um ser humano honesto?

Ele vive até os dias de hoje
E nada adianta discordar e sentir nojo
Ou talvez esteja em repouso
Mas ele está a procura da vida
Uma razão a ser compreendida
Fazendo sua vida valer a pena
Este ser não possuía algema
Que te prendia, prendia teu instinto primitivo
Seria os atos dele classificados como canibalismo?
Ele é um ser intuitivo?
Um ser depressivo, buscando um abrigo.

Transforme-a e torne-a sua companheira
Para ficar contigo a vida inteira
Dos crimes torne-a sua parceira
Talvez um tipo de princesa
Na cama faça dela sua amante
Aqueça seu coração com o calor escaldante
Ele diz que uma mulher fora uma assaltante
Roubou o coração dele em instantes
Caiu na amargura e tornou-se este ser
Diz que não deve se arrepender
De sentir prazer ao pescoço de alguém morder
Ele gosta de fazer?
Ou somente precisa, para sobreviver?

A lenda diz que ele é um ser mitológico
Outras, que é um ser diabólico
Em certos filmes é um ser gótico
Mas pensando em um termo cronológico
Nos tempos antigos ele era temido pelo que era
Era uma verdadeira fera
Aparentava ser uma criatura bela, da pele pálida
E não desperdiçava nem sequer uma lágrima.

Um ser sem nenhum sentimento
Com apenas algo em seu pensamento
Que abandonou sua humanidade
Procurem uma semelhança na atualidade
Existem vários deles na sociedade
Mas os de hoje agem na brutalidade
Falta do Drácula, o crápula.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
278
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.