https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

FERREIRA GULLAR

 
Uma parte de mim é todo mundo; outra parte é ninguém: fundo sem fundo. Uma parte de mim é multidão: outra parte estranheza e solidão.
(Ferreira Gullar)


-----------------------------------


São tantas partes de mim
Estranhas entre si...
Contraste dos muitos que sou
Ego infinito em sobreposição
Não...
Não há tempo para a solidão.
(PROTEUS)

 
Autor
PROTEUSII
Autor
 
Texto
Data
Leituras
351
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
2
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Lucas.
Publicado: 06/12/2016 19:28  Atualizado: 06/12/2016 19:28
Da casa!
Usuário desde: 14/11/2016
Localidade:
Mensagens: 218
 Re: FERREIRA GULLAR
Bela homenagem.