https://www.poetris.com/
Poemas -> Desilusão : 

Sua Traição

 
Tags:  tristeza    reflexão    rimas    relacionamentos  
 
Sua Traição
 
Eu estava confuso, estava abatido
Deitado ali, no escuro
Pensando que havia te perdido
Eu estava começando a ficar desiludido
Isso tudo por ter escutado um amigo
Dizendo que você havia me traído
Dizendo que um cara estava contigo
E ele te reconheceu por causa de seu vestido
Que era inconfundível
E não vou mentir, ao escutar eu fiquei depressivo
E não vou mentir, meu coração foi partido
O chão havia sumido, meus pés estavam flutuando
De lágrimas meus olhos estavam transbordando
Mas não pude simplesmente acreditar
Então fui pra sua casa para te encontrar
E comprovar que meu amigo errou
Mas não te encontrei, sua mãe me disse que você foi
Partiu para uma tal festa, seria aquele que você me convidou?
E eu disse que não poderia ir
E disse para que você fosse e se divertisse
Mas não pensei que fosse me trair já que eu não fui ali
Eu pensava que você gostava de mim.

Você me disse que iria estudar
Ao fim da festa você iria pra casa, com pressa
Disse que teria prova amanhã, não sei de qual era
Física, Matemática, Português ou Inglês, uma dessas
E agora parei para pensar, seu pai não vai acreditar
Pois sempre dizia que eu seria seu genro, coitado
Se tudo for verdade, você poderia, no mínimo, ir consolá-lo
Um senhor de idade, melhor prepará-lo
Ah, o bolo de cenoura de sua esposa
Sentirei saudades dos bolos feitos pela dona Souza.

Acabei perguntando a sua amiga querida
E ela me disse exatamente o que eu temia
Que você foi vista, acompanhada lá na esquina
Eu perguntei se ela o conhecia
Ela disse que era o sobrinho da dona Luiza
De início ela relutou em me contar
De fato, ela queria lhe acobertar
Mas ao fim de tanta pressão ela se pôs a falar
Que ela viu ele te beijar, e que te viu aceitar
E antes dela terminar de me noticiar, me pediu para te perdoar
Sugeriu que estivesse bêbada, com a cabeça cheia
Besteira, a partir daquela cena, nossa relação foi desfeita
Ela foi sua amiga até o fim, fiel
Então valorize ela.

Você acabou com o futuro que planejei viver
Eu estava me esforçando para viver com você
E o que você tem para me dizer?
Não diga que me ama
Se estás a me difamar
Como pode me magoar assim?
O que fiz de errado para ti?
Eu não era o bastante, deve ser isso
Não consigo enxergar outro motivo, que seja relativo
Mas já não importa mais, acabou
Você exterminou o nosso amor
Já não sentirá o meu calor
Te cortarei da minha vida, como uma flor sem envelhecida
Já chega, adeus, até nunca mais
Hoje já não percebo uma única estrela no céu
Adeus, Raquel.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
188
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.