https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Amanhecer

 
Sonhei vagar pelas estrelas.
Num raio de luz em esplendor!
Vaguei universo sem fronteiras.
Transcendi portais como trovador.

Assisti ribaltas de estrelas a cintilar,
Em um céu de inconfundível anil.
Suspirei entre perfumados jasmins...
Juvenil amor no peito a desabrochar!

Vem criança, luz de um novo dia.
Que os raios de sol não as deixas vazias.
Vem junto a esta manhã cristalina,

Quero sonhar o sonho de um menino poeta.
Repousar minha alma na alfombra das aguas calmas,
Véus de cachoeiras a em rio manso a
flutuar!

Baroneto.07/01/17


Baroneto


 
Autor
THOMAZBNETO
 
Texto
Data
Leituras
235
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
5 pontos
1
2
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 04/10/2018 19:27  Atualizado: 04/10/2018 19:27
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29152
 Re: Amanhecer
Um poema molhado de ternura, que traz em sua plenitude aquela mais belos sentimentos, que maravilha.

TENARIS CONFAB