https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Tristeza : 

Só quem sente

 
Tags:  revolta    desigualdade  
 

Sabe aquele momento constrangedor
Em que mais ninguém sente ou entende
Toda a dor pela qual você passou
Ou até mesmo o árduo caminho que traçou
Eu sei apesar de ainda ser muito novo
O que passei ficou de certa forma entranhado
E mais um pouco exposto aos olhos do povo
Só me admira ainda ninguém ter estranhado
Assim de repente passam por mim e me criticam
Imoralidade é o que eles tanto praticam
Eles falam mas não têm moral para tal
Não podem exigir a assinatura de uma carta de foral
Se na verdade são um ser humano desigual
Pois aquela dor que tanto vos brindei ao longo dessa vida
Em tom amador como dizem, foi tudo menos fingida
Eu não menti quando afirmei que todo esse meu tormento
Se encontrava na mesma escala que um epicentro
Na verdade só eu e Deus temos conhecimento dessa triste banda sonora
Pois só quem mora no convento é que sabe o que lá vai dentro

 
Autor
joao20
Autor
 
Texto
Data
Leituras
367
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Chou
Publicado: 18/02/2017 03:01  Atualizado: 18/02/2017 03:01
Colaborador
Usuário desde: 01/02/2017
Localidade:
Mensagens: 516
 Re: Só quem sente
Com certeza.