Poemas : 

Despertar

 

Despertar

Tenho saudades das manhãs claras,
De despertar ao som das cotovias.
Na escorrência do tempo
Alargam-se nebulosas,
Entediantes sombras
De horizonte vago.

Eu busco a luz
Nessas manhãs claras,
Vibrantes
No trinado das cotovias,
Mas nas manhãs claras
Só divago,
No brilho cintilante
Dos teus olhos.


Juvenal Nunes

 
Autor
Juvenal Nunes
 
Texto
Data
Leituras
467
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 07/03/2017 14:36  Atualizado: 07/03/2017 14:36
Membro de honra
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8560
 Re: Despertar/PARA JUVENAL NUNES
Um belo poema se constrói com a alma e palavras que se permitem florescer de manhãs claras, canto dos pássaros, do brilho dos olhos da pessoa amada. Sem mais, e a poesia cintila. Parabéns Juvenal Nunes, adorei!

Beijinhos!