https://www.poetris.com/

 
(1) 2 3 4 ... 124 »
Textos deste autor
Offline
Ombuto
História do turbilhão entre-tédios
Dia de chuva quase torrencial e, por isso, quase ninguém a passear em espaço-aberto. Sem grande l...
Enviado por Ombuto
em 14/01/2018 20:42:58
Textos deste autor
Offline
Luizfeliperezende
O WOODY DA PADARIA
Toda figura famosa costuma ter o seu sósia. Estes sósias estão espalhados pelas ruas do mundo. Às...
Enviado por Luizfeliperezende
em 14/01/2018 14:05:10
Textos deste autor
Offline
Ombuto
As pessoas, o martelo de Thor e as cagadelas coloridas
É fácil saber que existimos por intermédio de outras pessoas; o pior é saber que só podemos (cont...
Enviado por Ombuto
em 08/01/2018 17:45:28
Textos deste autor
Offline
Ombuto
Vulgaris
Para distinguir as várias vulgaridades é preciso deixar de lado a tosse-de-frio, a conversa-do-la...
Enviado por Ombuto
em 23/12/2017 16:52:46
Textos deste autor
Offline
Luizfeliperezende
QUINZE MINUTOS (Luiz Felipe Rezende)
Chego à rodoviária. Faltam quinze minutos para a partida de meu ônibus. Às vezes, quinze minutos...
Enviado por Luizfeliperezende
em 16/12/2017 10:55:41
Textos deste autor
Offline
Ombuto
As anilhas de ferro e as famílias lambedoras de gelados semi-frios
As anilhas de ferro, ferrugentas e corroídas, são de outros tempos. Serviram para amarrar as emba...
Enviado por Ombuto
em 12/12/2017 22:29:14
Textos deste autor
Offline
Luizfeliperezende
O UIRAPURU CANTOU DUAS VEZES (Luiz Felipe Rezende)
Porque de fato, era o canto do uirapuru no meio da mata, aquele canto lindo que eu conhecia de di...
Enviado por Luizfeliperezende
em 10/12/2017 00:04:32
Textos deste autor
Offline
Ombuto
Os cus-de-budas
"Fizeste alguma promessa?" - perguntou-me um amigo de longa-data (que raramente vejo) n...
Enviado por Ombuto
em 08/12/2017 17:19:50
Textos deste autor
Offline
Ombuto
Há patos e patos
Final de Novembro e só agora vi um pato selvagem. É um pato-negro (tal como o patinho-feio). Os p...
Enviado por Ombuto
em 01/12/2017 17:35:05
Textos deste autor
Offline
RicardoC
O POP NÃO ENVELHECE
O POP NÃO ENVELHECE Não, amiguinhos, o pop não envelhece... Se de facto duas negativas não faze...
Enviado por RicardoC
em 25/11/2017 01:56:11
Textos deste autor
Offline
Ombuto
A sombra que agora toca com os dedos de um monstro nas costas de um peixe que só agora se assusta
As sombras já não estão no mesmo sítio. O movimento de inclinação do eixo de rotação da Terra sem...
Enviado por Ombuto
em 23/11/2017 18:04:30
Textos deste autor
Offline
Maryjun
Qual é a cor da sua pele e o sangue...?
A falta de consciência é que é negra, amarela, Parda e isso vem de uma mente cauterizada! A cor...
Enviado por Maryjun
em 21/11/2017 01:19:38
Textos deste autor
Offline
Luizfeliperezende
O DIA EM QUE VINÍCIUS DE MORAIS CANTOU EM TRÊS CORAÇÕES (Luiz Felipe Rezende)
Houve uma época que queria ser Vinicius de Morais. Era o homem que vivia a poesia integralmente. ...
Enviado por Luizfeliperezende
em 15/11/2017 22:47:04
Textos deste autor
Offline
Luizfeliperezende
O LOUCO MANSO (Luiz Felipe Rezende)
Foi na antiga Ubatuba, ainda na década de 60, é o que me diz um amigo que tinha casa no litoral....
Enviado por Luizfeliperezende
em 11/11/2017 20:33:04
Textos deste autor
Offline
Ombuto
Estado-Homem/estado-medusa
Gosto da maré alta no rio e da maré vazia no mar. A limpidez do rio quando quase transborda os li...
Enviado por Ombuto
em 11/11/2017 17:41:52
Textos deste autor
Offline
Kira
SER SERVIDOR PÚBLICO
O que é ser Servidor Público? É servir! Servir a população, o próximo. Eu sou Servidora Pública e...
Enviado por Kira
em 27/10/2017 20:39:44
Textos deste autor
Offline
Ombuto
O voo do Garajau
É quando diminui este líquido de origem - quem sabe - alienígena, que os barros e que as argilas ...
Enviado por Ombuto
em 14/10/2017 15:34:39
Textos deste autor
Offline
Liduinan
A alma e sua sina
Ainda ontem choveu intensamente em minha alma, que assistiu as águas descerem desesperadamente ...
Enviado por Liduinan
em 10/10/2017 19:53:47
Textos deste autor
Offline
Ombuto
Peixe-porco II - Há um "x" neste mapa
Olha o peixe-porco outra vez na mira do meu interesse. O animal é raro nestas paragens, só que já...
Enviado por Ombuto
em 08/10/2017 16:10:21
Textos deste autor
Offline
Ombuto
Procissão das barcaças-de-papel acastanhadas
É banal (muito banal) mas interessante ver o bailado das folhas secas. Pelo simbolismo, talvez nã...
Enviado por Ombuto
em 28/09/2017 15:40:58
(1) 2 3 4 ... 124 »