https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Dama de Meus Versos

 
Eu hei de olhar pro alto,
E buscar teus olhos,
E quem de dera,
Se os possuísse,
Assim como o azul,
Pertence ao céu.

Eu hei de olhar pro alto,
E agora buscar teu pranto,
E quem me dera,
Se tuas lágrimas fossem minhas,
Assim como os pingos de chuva,
Pertencem a nuvem.

Eu hei de olhar pro alto,
Para agora buscar teus lábios,
E quem me dera,
Se os possuísse,
Assim como o sol,
Pertence ao universo.

Eu hei de então,
Buscar não apenas teus olhos,
Teu pranto e teus lábios,
Mas você por inteira,
Pra que sejas,
Em mim tão eterna,
Assim quão eterno é o azul do céu,
Os pingos de chuva da nuvem,
E o sol do universo.


Rodrigo Cézar Limeira

 
Autor
Rodrigo Cézar Limeir
 
Texto
Data
Leituras
657
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
João Marino Delize
Publicado: 13/03/2008 22:38  Atualizado: 13/03/2008 22:38
Colaborador
Usuário desde: 29/01/2008
Localidade: Maringá-
Mensagens: 3109
 Re: Dama de Meus Versos
Os poetas sempre querem o impossível mas é melhor ficar na realidade. Muito bom.