https://www.poetris.com/
Poemas -> Dedicatória : 

Até O Cometa Hale

 
Tags:  amor    rimas    romance    Juvenis  
 
Até O Cometa Hale
 
Chorando de saudade
Querendo falar com minha cara metade
Liguei e o pai dela disse que já era tarde
O que aconteceu foi a seleção natural de Darwin
Uma predadora acabou devorando a tristeza que havia dentro de mim
Minha prometida, como a de Beethoven
Eu percebi a muito tempo que não poderia viver sem
E hoje ela tem meu amor e afeto honesto
Quero me desculpar por estar ocupado direto
Mas é por que quero construir o futuro predileto
Porém os pais dela não me deixam ver ela
Passei então a espera-la sorrateiramente embaixo da janela
O amor que sinto não possui rédeas
É uma livre, leve e solta fera.

Mesmo em uma situação complicada, eu farei o necessário
Irei ignorar essa dor antipática
Quero apenas entrega-la este meu diário
Já que me impedem de dizer, encontrei um modo prático,
Escrever o que sinto, que sinto muito pela ausência
Darei a ela palavras para que jamais esqueça
Que o que sinto por ela é protegido por uma impenetrável cerca,
Que ultrapassa toda e qualquer fronteira.

Amanhã prometo estar na cama dela quando ela acordar
Ao abrir os olhos eu irei beija-la
E em seus ouvidos irei confessar tudo o que ela quiser escutar
Se acordar com frio, irei abraça-la
E nas horas difíceis não irei abandona-la, seu acompanhante
Quando ela estiver entediada, inventarei algo interessante,
Apenas para vê-la sorridente como antes
Se for preciso eu serei aquela pessoa irritante
E quando ela se sentir perdida, tornar-me-ei um navegante.

Eu estava pretendendo escrever uma carta
Descrevendo os momentos que passei com minha princesa encantada
Estava apenas com a preocupação,
Queria presenteá-la com uma obra de pura perfeição,
Mas cada palavra que surgia não era totalmente clara
Não estava conseguindo dizer tudo aquilo que me engasgava
Em seguida pensei em fazer uma serenata,
Mas a melodia não se apresentava da forma desejada
E ao lê-la, eu notei aquela certa falta
E espero que ao vê-la, ela também a sinta.

Se eu fosse dono do tempo, eu estaria eternizando nossos momentos
Mas como sou apenas um estrangeiro neste mundo,
Posso apenas pedir a ela alguns de seus segundos
Mesmo que haja pessoas entre nós construindo muros,
Os destruirei e alcançarei meu conforto naqueles braços
Pois não há lamina afiada capaz de cortar este meu laço,
O que sinto por aquela pessoa é forte, de fato
E com ela eu não escondo meus mais secretor pecados,
E sei das imperfeições dela, sei de seus antigos atos
Mas o que importa é o hoje, o amanhã e o depois
Quero passar esses meus dias com este sentimento que me deixa nervoso,
Aquele que se enlouqueça ao saber que se aproxima o nosso encontro
Eu a amo, e ela me ama também
Eu me apaixonei, e o que sinto é reciproco por alguém.

Só espero que esta folha chegue naquelas mãos
Espero que consiga a compreensão daquele coração
E que no alvorecer, eu a consiga ver
Que na próxima vinda do Cometa Hale,
Nós o vejamos pelas janelas de nossa pequena casa da felicidade.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
42
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.